Eleanor & Park -Rainbow Rowell

Eleanor & ParkTítulo: Eleanor & Park
Autor: Rainbow Rowell
Editora: Novo Século
Páginas: 328
Classificação: 4/5
Resultado de imagem para eleanor e park resenha quotesEleanor & Park é engraçado, triste, sarcástico, sincero e, acima de tudo, geek. Os personagens que dão título ao livro são dois jovens vizinhos de dezesseis anos. Park, descendente de coreanos e apaixonado por música e quadrinhos, não chega exatamente a ser popular, mas consegue não ser incomodado pelos colegas de escola. Eleanor, ruiva, sempre vestida com roupas estranhas e “grande” (ela pensa em si própria como gorda), é a filha mais velha de uma problemática família. Os dois se encontram no ônibus escolar todos os dias. Apesar de uma certa relutância no início, começam a conversar, enquanto dividem os quadrinhos de X-Men e Watchmen. E nem a tiração de sarro dos amigos e a desaprovação da família impede que Eleanor e Park se apaixonem, ao som de The Cure e Smiths. Esta é uma história sobre o primeiro amor, sobre como ele é invariavelmente intenso e quase sempre fadado a quebrar corações. Um amor que faz você se sentir desesperado e esperançoso ao mesmo tempo.
  O mundo está correndo depressa. Ou eu estou indo rápido demais, não sei. O que eu não entendo é onde está a singularidade das relações, ou aquela inocência inicial; tudo tão puro, tão destinado. Em tantos lançamentos de Young Adults e New Adults, que, não nego, sou apaixonada, eu havia esquecido do que era ler um livro fofo. Com uma paixão delicada, e uma escrita tão, mas tão boa, que chega a ser singular. E, assim, Eleanor & Park conquistaram meu coração.

{Texto} Eu recomecei inteira


   Sempre achei a virada do ano superestimada. Como se as pessoas precisassem de uma data para mudar radicalmente. Mas dessa vez eu entendi. Porque eu descobri o que era enfrentar a realidade em meio ao caos. E não o caos do mundo. O meu. 

   O caos do coração partido. Tantas vezes e de tantas formas, que se tornaram incontáveis. O caos de perder um amigo, e se ver perdido. O caos de perder um amor, e se ver partido. O caos de perder um parente, e se ver corroído. 

  Eu entendi as idas e vindas. As pessoas se diziam perder as pessoas aos poucos, mas eu sempre fui excesso. Tudo era absoluto, e reconhecer isso foi, no mínimo, torturante. 

  Eram necessárias horas, uma decisão, um ato. E estava lá: o fim. Iam embora com uma pressa, decididos, sem saber o que deixavam para traz. E, caramba, elas deixavam um amor. Uma história. Um futuro.
  
  O meu ano foi feito de fins, e me vi sem recomeços. Eu precisava ter algo para lutar, mas tudo se esvairia tão fácil quanto areia entre os dedos. Vi-me pressionada a tomar decisões que não estava preparada, e, até o último dia, meu peito doía por ter, em menos de trezentos e sessenta e cinco dias, me tornado uma fracassada.
  
  Virei piada. Virei mídia. Virei inimiga. Virei e revirei, deixando de ser quem eu era pra me adaptar no conceito de todo mundo e de ninguém.
  
  Eu precisava de uma nova chance, e clichê que fosse, decidi que seria no dia 1. Caminharia independente de quem estivesse ao meu lado, porque dessa vez seria eu por mim e o resto que se dane. Eu me reconheci. Foi pela saúde de não sofrer perdas, foi pelo coração reconstituído aos poucos, foi por mim. 
  
  O futuro é tão imprevisível quanto o nosso coração, e hoje percebo que há muito mais do que os trezentos e sessenta e cinco. Há uma nova vida. Há sempre uma nova chance. Cada dia é uma folha em branco para cobrirmos de sonhos e histórias, e era isso o que eu faria a partir da meia noite. 

 Deixei em 2016 o que não cabia mais a mim, e trouxe para 2017 muito amor e empatia. Porque era disso que eu era feita, e eu vim inteira.



{Vídeo} Os 5 melhores de 2016

 Não dá pra falar que é ano novo se a gente não faz aquela típica publicação dos melhores, né? Então hoje, pra dar início aos vídeos semanais no canal, e, consequentemente, daqui, eu trago os cinco melhores livros que eu li no ano passado.
 Totalizei vinte e poucas leituras (o ano foi tão m*rda que eu esqueci de contar, e fiquei com preguiça), e todas elas, sem exceção, foram boas. Mas, verdade seja dita: sempre tem aquelas que se destacam.
 Vem conferir quais foram!

Desejo Proibido - Sophie Jackson

Desejo ProibidoTítulo: Desejo Proibido
Autor: Sophie Jackson
Editora: Arqueiro
Páginas: 416
Classificação: 4/5


Desejo Proibido - Primeiro livro de uma trilogia, Desejo proibido é uma história de amor e redenção, de universos distantes que se aproximam e se fundem numa paixão avassaladora. Seu amor é proibido, mas não pode ser ignorado. Katherine Lane nasceu em berço de ouro. Filha e neta de senadores, a bela ruiva de olhos verdes e curvas perfeitas se formou em Literatura e surpreendeu a todos ao decidir dar aulas em uma penitenciária. Mas quando Carter, um detento inteligente e perigosamente sexy, desperta ao mesmo tempo a raiva e o desejo de Kat, ela é forçada a admitir para si mesma que a decisão de lhe dar aulas particulares pode ter sido motivada não pela generosidade, mas sim pela crescente atração entre os dois. Embora a família e os amigos de Kat temam que a paixão destrua sua carreira e sua vida, tudo o que ela quer é ficar com esse homem que a faz sentir-se completa. Porém Carter guarda um segredo que tanto pode unir seus destinos para sempre quanto afastá-los de uma vez por todas. "Bem escrito e viciante. Impossível parar de ler." - The Romance Cover


  Pensar que o amor surge em qualquer lugar, com qualquer um, talvez seja uma forte verdade que muitos de nós -independente do nível de açúcar no coração- demoramos a perceber, ou até mesmo aceitar. Mas os livros, tanto aqueles ficcionais, quanto os que contam uma história baseada em fatos reais, tendem a nos mostrar que o amor pode surgir sim dos lugares mais impossíveis e até mesmo improváveis. Desejo Proibido foi um livro que chegou para quebrar paradigmas. Tanto dos próprios personagens e protagonistas, quanto dos leitores no geral. Se você leu este livro e aceitou de primeira o fato de que uma professora de literatura inglesa se apaixonou por um presidiário, então eu te admiro muito. E se você leu, mas não conseguiu aceitar até o final: cara, como você conseguiu? 

O Conde Enfeitiçado - Julia Quinn

O Conde EnfeitiçadoTítulo: O Conde Enfeitiçado
Autor: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Páginas: 304
*Livro cedido pela editora para resenha
O Conde Enfeitiçado - Toda vida tem um divisor de águas, um momento súbito, empolgante e extraordinário que muda a pessoa para sempre. Para Michael Stirling, esse instante ocorreu na primeira vez em que pôs os olhos em Francesca Bridgerton. Depois de anos colecionando conquistas amorosas sem nunca entregar seu coração, o libertino mais famoso de Londres enfim se apaixonou. Infelizmente, conheceu a mulher de seus sonhos no jantar de ensaio do casamento dela. Em 36 horas, Francesca se tornaria esposa do primo dele.Mas isso foi no passado. Quatro anos depois, Francesca está livre, embora só pense em Michael como amigo e confidente. E ele não ousa falar com ela sobre seus sentimentos – a culpa por amar a viúva de John, praticamente um irmão para ele, não permite.Em um encontro inesperado, porém, Francesca começa a ver Michael de outro modo. Quando ela cai nos braços dele, a paixão e o desejo provam ser mais fortes do que a culpa. Agora o ex-devasso precisa convencê-la de que nenhum homem além dele a fará mais feliz.No sexto livro da série Os Bridgertons, Julia Quinn mostra, em sua já consagrada escrita cheia de delicadezas, que a vida sempre nos reserva um final feliz. Basta que estejamos atentos para enxergá-lo.

É bom estar em casa!

    Ei, ei, ei! Não! Você não entrou no blog errado. Aqui é o antigo Cantinho Literário que agora vem para trazer muito mais amor em forma de Na Última Página!
     Ah, gente! Que saudade!
   Só quem é blogueiro vai entender o quanto que escrever resenhas, ficar louco com posts dá trabalho, mas faz muita falta!
    Eu finalizei meu Ensino Médio agora em 2016, e 2017 promete ser a loucura mais divertida da minha vida! E, lógico, eu quero muito que a gente compartilhe de tudo juntinho!

   O blog ainda está em fase de organização desse monte de link novo, mas isso não vai interferir em nada no andamento!
    Vamos juntos fazer um 2017 especial <3
  Obrigada por todo apoio daqueles que sempre estiveram me acompanhando, compartilhando de todas as loucuras comigo!
   Gratidão será a palavra-chave, e é por ela que eu voltei!