Sorrisos Quebrados - Sofia Silva

Título: Sorrisos Quebrados (Série Quebrados #1)
Autor: Sofia Silva
Editora: Valentina
Páginas: 232
Classificação: 5/5
Sorrisos Quebrados gira em torno de três personagens: a jovem Paola, a pequena Sol e seu pai, André. Os três são vítimas de violências distintas, que deixaram marcas profundas em cada um. Trata-se de uma história de superação de dores, magia, estrelas e de como importantes laços humanos podem se formar a partir da autoaceitação, da arte e da tolerância no cotidiano.




Se uma coisa esse 2017 me deu, foi aprendizados em forma de livros. Um mais bonito que o outro, mas nada foi tão singelo e puro quanto a história da Paola. Ninguém nunca me preparou para o baque de emoções que eu senti quando prosseguia na leitura e a arte nunca mais será a mesma pra mim depois dessa obra. Nada, na verdade, será a mesma coisa.

Minha vida (não tão) perfeita -Sophie Kinsella

Título: Minha vida (não tão) perfeita
Autor: Sophie Kinsella
Editora: Record
Páginas: 406
Classificação: 5/5

Dramas, confusões e uma boa dose de amor são os ingredientes do novo romance de Sophie Kinsella. Uma divertida crítica aos julgamentos errados que uma boa foto no Instagram pode gerar. Cat Brenner tem uma vida perfeita mora num flat em Londres, tem um emprego glamoroso e um perfil supercool no Instagram. Ah, ok... Não é bem assim... Seu flat tem um quarto minúsculo sem espaço nem para guarda-roupa , seu trabalho numa agência de publicidade é burocrático e chato, e a vida que compartilha no Instagram não reflete exatamente a realidade. E seu nome verdadeiro.

Quando a mídia se mistura com a realidade e permite a camuflagem de quaisquer problemas ou empecilhos da vida cotidiana, tendemos a achar que o que vemos ao acessar qualquer rede social do outro é maravilhoso. Como o famoso ditado diz "A grama do vizinho é sempre mais verde". Mas nós, que fazemos e x a t a m e n t e a mesma coisa, sabemos que a realidade não é bem assim. Bom, pelo menos a nossa, porque com certeza a daquela pessoa... E é nesse assunto, na marca peculiar de comédia da Sophie Kinsella, que o livro se desenrola. 

Especial Boas Festas: Livros para fechar o ano com chave de ouro!

Mais um post do Especial saindo hoje! Animados?


É de se esperar que as metas de leitura de 2017 estejam atrasadas e nós, correndo contra o tempo, não é? Pra isso então, eu trouxe dica de 5 livros que te empolgarão a ler nessas últimas duas (2? caramba!) semanas do ano. Vem ver!

Treze -FML Pepper

Título: Treze
Autor: FML Pepper
Editora: Galera Record
Páginas: 406
Classificação: 5/5 
“TREZE, o romance repleto de ação e de reviravoltas onde por detrás dos mistérios de um número encontra-se o verdadeiro amor”.Às vésperas de cometer o maior golpe de sua vida, a cética Rebeca vai a um parque de diversões decadente e se depara com uma enigmática cartomante que, contra a sua vontade, faz uma série de previsões bizarras sobre seu futuro. Para seu desespero, todas as nefastas previsões viriam a se concretizar e a arremessariam em um furacão de perdas e de derrotas. Quando sua vida chega ao fundo do poço, circunstâncias inesperadas lhe dão a chance de um recomeço e, querendo ou não, agora Rebeca não pode desprezar a última e mais perturbadora previsão da vidente: o número TREZE, ou melhor, o décimo terceiro namorado seria o homem que traria sua salvação. Longe dele, sua existência seria apenas caos e ruína. O que Rebeca jamais poderia imaginar, no entanto, é a que a cartomante camuflaria o predestinado atrás de charadas. Dois rapazes surgem em seu caminho e se encaixam perfeitamente nas pistas, mas apenas um deles será o grande amor da sua vida. É chegada a hora de decifrar o enigma do coração ou arriscar perder tudo para sempre.
Gente, quando a pessoa é cismada não tem jeito, né? Meu número da sorte sempre foi 13. "Mas Marcela, você sabia que é o número do azar?", você me pergunta. Sim, eu sei. Mas não adianta. Todo número treze sempre me trouxe presentes e sensações maravilhosas. Então, quando recebi de surpresa esse livro, pensei: Ok. Não tem como ele ser ruim, se chama treze! E depois cogitei que recebe-lo fosse um sinal de que algo muito bom iria acontecer. Se aconteceu ou não, deixo para os mistérios do destino. Mas, sobre a minha primeira constatação, não tive como estar mais certa e, depois de uma madrugada ininterrupta, Treze saiu do desconhecido e bateu meu TOP 5 do ano!

Especial Boas Festas: Livros para refletir

E 2017 chegou ao fim, né galera? Para alguns já vai tarde, mas para outros, a sensação de que 2017 foi incrível (e/ou o melhor ano da sua vida) faz com que ninguém queira que o ano acabe. Como foram os seus 365 dias? 
Bom, hoje eu trouxe pra vocês o primeiro TOP 5 do Especial Boas Festas. Vamos começar com Livros para refletir? Agora que estamos a um passo de 2018, está na hora de voltar para trás e ver o que esse ano deixou de melhor ou pedindo melhorias. Para isso, nada melhor do que um livro. E hoje trouxe cinco opções de obras que te farão repensar -e, quem sabe, os engajarão para serem melhores no futuro. 
Vem comigo!

O Garoto do cachecol vermelho ׀ Ana Beatriz Brandão

Titulo: O Garoto do Cachecol Vermelho
Autor: Ana Beatriz Brandão
Editora: Verus
Páginas: 294
Classificação: 5/5 
Uma história comovente, recheada de drama, suspense e romance. Melissa é uma garota linda, rica e mimada, que sempre consegue o que quer e tem todos na palma da mão. Ela acredita que a carreira de bailarina é a única coisa que realmente importa, porém suas certezas são abaladas quando faz uma aposta com um garoto misterioso, que parece ter como objetivo virar sua vida de cabeça para baixo. De repente, Melissa se vê dividida entre dois caminhos: realizar seu maior sonho, pelo qual batalhou a vida inteira, ou viver um grande amor. Mas, não importa aonde ela vá, todas as direções apontam para o garoto do cachecol vermelho... Com esta história intensa e apaixonante, Ana Beatriz Brandão vai emocionar e surpreender o leitor, provando que é uma jovem autora que tem muito a dizer. 
Existe diversos tipos de livros. Aqueles que te conquistam nas primeiras páginas; aqueles que você começa a gostar depois de boa parte, ou até aqueles que não te conquistam de maneira alguma. E existe esse. O livro que te faz pensar até que ele te escolheu, sabe? Daqueles tipos que você termina e fica por horas olhando para o além e pensando em tudo. O Garoto do Cachecol Vermelho foi, vem sendo e sempre será isso. Porque não é um aprendizado momentâneo, e sim o modo como nós enxergamos a vida.